Página Inicial / Notícias

Quarta-Feira, 03 de Maio de 2017

E do Corinthians!

Com grande atuacao no segundo quarto, Corinthians constroi vantagem, segura reacao do Uninassau e celebra titulo da LBF CAIXA no Jogo 5

E o grande campeao da LBF CAIXA 16/17 e o Corinthians/Pague Menos/Americana. Em uma verdadeira batalha digna de um Jogo 5, o alvinegro paulista fez um grande segundo quarto, abriu vantagem e controlou a reacao do Uninassau Basquete, para vencer a partida decisiva por 73 a 66, nesta terca-feira (02/05), no Ginasio do Centro Civico, em Americana (SP), coroando o titulo inedito da maior competicao do basquetebol nacional.

A Liga de Basquete Feminino (LBF CAIXA) e uma competicao que conta com o patrocinio master da CAIXA, o patrocinio da SKY e os apoios da Liga Nacional de Basquete (LNB) e do Ministerio do Esporte.

Nao foi facil: Depois de abrir 14 pontos vantagem logo no inicio do ultimo quarto (58 a 44), o Corinthians viu a equipe pernambucana reagir e cortar para ate seis tentos a diferenca (68 a 62). A bola que coroou a conquista alvinegra veio das maos da armador Meli Gretter, que a 14 segundos do final, converteu um arremesso de 3 pontos e impediu quaisquer chances de virada por parte do Uninassau.

Agora sim! Depois de ser vice-campeao na temporada anterior, ao perder para o Sampaio Correa Basquete a decisao, por 3 a 1, o Corinthians deu a volta por cima, fez uma fase de classificacao incrivel, com 18 vitorias e apenas duas derrotas, e chegou ao título em uma serie emocionante diante do Uninassau, saindo vitorioso, por 3 a 2.

E ela! A MVP das Finais da LBF CAIXA 16/17 nao poderia ser outra alem de Damiris. Com os 26 pontos anotados, que a fizeram a cestinha da partida mais uma vez, e os dez rebotes obtidos nesta noite, a pivo corinthiana fechou a serie decisiva com medias de 24,0 pontos e 8,8 rebotes, lider nos dois quesitos.

Fala aí: “Ser campea é fechar com chave de ouro. Os trofeus individuais me motivam muito a cada dia e a cada treino. Estou muito feliz. Foi uma jornada perfeita em que eu nao tenho que reclamar de nada”, declarou Damiris, a MVP das Finais da LBF CAIXA 16/17.

“Estou muito feliz, principalmente por terem tido cinco jogos, o que e muito bom e necessario para o basquete feminino. Eu estava muito nervosa, ansiosa, querendo muito ser campea, mas acho que fui bem nos cinco jogos. Nosso time estava muito bem preparado e isso nos ajudou muito, entao estou muito feliz. Foi uma final com varias emocoes, mas perfeita”, completou a pivo corinthiana.

Deixa com a Meli! Outra atleta chave na conquista corinthiana, Meli Gretter esteve mais uma vez em alto nivel. No controle do ataque alvinegro, a armador anotou 17 pontos, sendo 14 destes no segundo tempo, pegou seis rebotes e distribuiu duas assistencias no quinto e ultimo jogo da decisao.

#Jogajunto: Aem das duas protagonistas, o Corinthians contou com a participacao fundamental de outras titulares e reservas para sair vencedor do Jogo 5. Babi, com nove pontos, quatro rebotes e seis assistencias, e Baker, com sete tentos e quatro sobras, contribuiram dentro do quinteto inicial, enquanto Joice, com sete pontos, e Ega, com mais sete tentos e sete assistencias, vieram muito bem do banco de reservas.

Fala ai: Estou muito feliz, principalmente por terem tido cinco jogos, o que e muito bom e necessario para o basquete feminino. Eu estava muito nervosa, ansiosa, querendo muito ser campea, mas acho que fui bem nos cinco jogos. Nosso time estava muito bem preparado e isso nos ajudou muito, entao estou muito feliz. Foi uma final com varias emocoes, mas perfeita”, disse Babi, armadora do Corinthians.


Corinthians, campeao da LBF CAIXACorinthians, campeao da LBF CAIXA (Joao Pires/LBF)

Guerreiras cubanas: Destaques das Finais e de toda temporada do Uninassau, Casanova e Ariadna se provaram verdadeiras guerreiras ao longo da LBF CAIXA 16/17. A armadora se despediu do Jogo 5 ainda no início do quarto final, ao cometer sua quinta falta, com nove pontos e tres assistencias, enquanto a ala foi o grande nome do time pernambucano, com 16 pontos e 14 rebotes.

Faltou pouco! Muito pouco para o Uninassau celebrar o título da LBF CAIXA. Alem da dupla cubana, os outros destaques da equipe pernambucana no Jogo 5 foram Rafaela Monteira, dona de 15 tentos e cinco rebotes, e Tássia, responsável por 13 pontos em 17 tentados (76,5% de aproveitamento) e quatro assistencias.

Equilibrio total: O inicio do quinto e decisivo jogo das Finais da LBF CAIXA 16/17 foi caracterizado pelo equilíbrio extremo. Sem nenhum time se descolar do rival no marcador, Corinthians e Uninassau fizeram um primeiro quarto com oito trocas de liderança, que terminou empatado, em 18 a 18.

Alvinegro na frente! No segundo quarto, o Corinthians procurou concentrar mais seus ataques em Damiris, protegeu melhor os rebotes defensivos e o resultado foi uma vantagem de oito pontos no intervalo (36 a 28). O grande destaque da parcial nao poderia ser outro se nao a pivo alvinegra, dona de oito dos 13 pontos que tentou no periodo.

Sem mudancas: O terceiro quarto foi muito igual para os dois times, que mantiveram uma diferenca proxima no marcador daquela pre-intervalo (53 a 44 para o alvinegro). Pelo lado corinthiano, Meli Gretter e Damiris comandaram grande parte da pontuacao, enquanto no time pernambucano, Tassia, Casanova e Rafaela Monteiro foram as responsaveis por todos os pontos na parcial.

por Liga de Basquete Feminino

Últimas Notícias
  • Vídeos
  • Casa de Carnes Ribeiro Itaocara