Página Inicial / Notícias

Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018

Na estreia de Anderson Varejão no NBB CAIXA, Flamengo domina Campo Mourão na Arena Carioca 1, vence a 9ª seguida e segue firme na liderança

A noite desta quinta-feira (01/02) foi de festa na Arena Carioca 1. Na estreia do ídolo Anderson Varejão no NBB CAIXA, a torcida do Flamengo compareceu em bom número ao ginásio (quase 4 mil pessoas) e empurrou o líder do campeonato a uma expressiva vitória sobre o Campo Mourão Basquete, pelo placar de 92 a 69. Este foi o nono triunfo seguido do time do técnico José Neto, que segue mais líder do que nunca.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e o apoio do Ministério do Esporte.

Estreia expressiva: Impactante. Assim pode ser definida a estreia de Anderson Varejão com a camisa do Flamengo no NBB CAIXA. Vindo do banco de reservas, o novo pivô rubro-negro ficou em quadra por 17 minutos e registrou quatro pontos (2/4 nas bolas de 2 pontos), sete rebotes e cinco assistências, todas elas em quatro minutos no primeiro quarto.

Esses números renderam a ele uma eficiência de 14 logo em sua primeira partida. Além disso, Varejão deixou a quadra com um índice +/- de 24 positivos. (o índice +/- indica o desempenho da equipe com a presença do jogador e o seu cálculo é basicamente o saldo de pontos da equipe quando o jogador estiver em quadra).

Fala aí, Varejão: “Falei com o pessoal do time antes da partida: ‘estou chegando para somar, vocês já estão fazendo um grande campeonato’. Vou entrando no ritmo pouco a pouco. Fiz dois jogos pela Seleção e ainda tenho muito a ganhar. Os números são o de menos, o que importa mesmo é conquistar a vitória”, declarou Varejão.

Põe na conta: Com o resultado, o Flamengo somou sua 14ª vitória em 16 partidas no NBB CAIXA (87,5% de aproveitamento) e permaneceu firme e forte na ponta da tabela de classificação do NBB CAIXA. Enquanto isso, o Campo Mourão, que vinha de triunfo fora de casa sobre o Minas na rodada anterior, segue estacionado na 13ª colocação, com campanha de três êxitos em 18 oportunidades (16,6% de aproveitamento).
Todos juntos: Em meio à festa para Varejão, o Flamengo contou com uma atuação coletiva de encher os olhos. Foram 31 assistências, segunda maior marca da atual temporada do NBB CAIXA – a primeira pertence ao próprio Fla, com 32 contra o Botafogo. Além disso, cinco atletas pontuaram em dígitos duplos: MJ Rhett (17), Cubillán (16), Marquinhos (15), JP Batista (12), que ainda pegou dez rebotes e registrou um duplo-duplo, e Ronald Ramon (10).

Tentaram: O Campo Mourão teve um bom início de partida, mas não resistiu à entrada da segunda unidade do Flamengo, com Varejão, Marcelinho Machado e MJ Rhett. Os destaques do representante paranaense ficaram por conta do ala/pivô César, com 14 pontos, o armador norte-americano Greg Brown, autor de 12 pontos, o armador Hélio e o pivô Mathias, ambos com dez pontos, além do pivô Daniel Alemão, que registrou oito pontos e sete rebotes e foi o atleta mais eficiente da equipe, com 13 de valorização.

Entrou e resolveu: Quando Varejão entrou em quadra, o placar era de 10 a 6 para o Campo Mourão faltando quatro minutos para acabar o primeiro quarto. Mas tudo mudou a partir de então. Ao lado de Marcelinho e Rhett, também vindos do banco, o novo camisa 17 do Flamengo ajudou seu time a emplacar uma bela corrida de 16 a 2 até o final da parcial, que terminou com 22 a 12 para os rubro-negros. Varejão encerrou o período com nada menos que cinco assistências e dois pontos, anotados praticamente no estouro do cronômetro após bela assistência de Marcelinho (veja abaixo).
Seguiu dominando: O Flamengo seguiu soberano em quadra e, através de um ritmo de jogo alucinante, jogou a vantagem para a casa dos 20 pontos. Marquinhos e Rhett anotaram oito pontos cada e lideraram a equipe do técnico José Neto a abrir 21 pontos na reta final do segundo período (47 a 26) e ir para o intervalo com 20 de frente (48 a 28). Ainda falando nele, o estreante da noite foi para o vestiário com um expressivo índice +/- de 28 positivos.

Administrou: Na segunda metade do confronto, o clube da Gávea ampliou a diferença para 29 pontos (65 a 39) e praticamente matou o duelo. A partir deste momento, o técnico José Neto tirou Varejão de cena e promoveu uma rotação ainda maior de seus atletas do banco de reservas. O máximo que Campo Mourão conseguiu foi reduzir a diferença para 18 pontos na metade do último quarto, mas nada que tirasse o brilho do excelente resultado positivo do maior campeão da história do NBB CAIXA.

Fala aí, Varejão: “Foi bom, mais uma vitória. Conseguimos abrir na metade do primeiro quarto, mantivemos a diferença e ainda conseguimos abrir um pouco mais durante o jogo. Às vezes não é fácil manter uma diferença, o time acaba relaxando, mas felizmente isso não aconteceu. Fizemos um grande jogo respeitando o Campo Mourão e saímos com uma grande vitória”, declarou Varejão.

E agora: O próximo compromisso do líder Flamengo será neste sábado (03/02), diante do vice-líder Paulistano/Corpore, novamente na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro (RJ), às 14 horas, com transmissão ao vivo da Band. Já o Campo Mourão tentará voltar a vencer na segunda-feira (05/02), em casa, contra o Mogi das Cruzes/Helbor, às 20h15.

Últimas Notícias
  • Vídeos
  • Casa de Carnes Ribeiro Itaocara